Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
É Cristo que passa É Cristo que passa > Sinopse  
É Cristo que passa recolhe 18 homilias pronunciadas por São Josemaría entre 1951 e 1971, em diversas festas distribuídas ao longo do ano litúrgico. O fio condutor é a filiação divina, que implica na chamada universal à santidade, a santificação do trabalho cotidiano, a contemplação no meio do mundo, a unidade de vida. A primeira edição é de 1973. Até o momento, foram publicados cerca de 500.000 exemplares, em 14 idiomas.

D. Álvaro del Portillo explica, na apresentação do livro, que este volume recolhe uma pequena parte da grande catequese que fez o fundador do Opus Dei com a sua pregação. "Estas Homilias não constituem um tratado teológico, no sentido corrente da expressão. Não foram concebidas como um estudo ou uma investigação sobre temas específicos; foram pronunciadas de viva voz, perante pessoas das mais diversas condições culturais e sociais, com esse dom de línguas que as torna acessíveis a todos. Mas são pensamentos e considerações entretecidos no conhecimento assíduo e amoroso da palavra divina. Mons. Escrivá não se dirige – deve-se ter presente que são textos falados – a um auditório de mentes especulativas, de curiosos da espiritualidade cristã. Fala a pessoas de carne e osso, que já têm a vida de Deus na alma, ou que vislumbram o amor divino e estão dispostas a aproximar se dele".