Josemaría Escrivá Obras
597

Pode haver coisa mais antipática do que uma criança bancando o homem? Que simpatia pode ter diante do seu Deus um pobre homem - uma criança - que assume ares de grande, inchado pela soberba, convencido do seu valor, fiado unicamente de si próprio?

Anterior Ver capítulo Próximo