Josemaría Escrivá Obras
16

Irrompe agora a ladainha lauretana, sempre com esplendor de luz nova e cor e sentido diferentes.

Clamores ao Senhor, a Cristo; súplicas a cada uma das Pessoas divinas e à Santíssima Trindade; galanteios inflamados a Santa Maria: Mãe de Cristo, Mãe Imaculada, Mãe do Bom Conselho, Mãe do Criador, Mãe do Salvador..., Virgem prudentíssima..., Sede

da Sabedoria, Rosa mística, Torre de Davi, Arca da Aliança, Estrela da manhã..., Refúgio dos pecadores, Consoladora dos aflitos, Auxílio dos cristãos...

E o reconhecimento do seu reinado: Regina! - Rainha! -, e o da sua mediação: Sub tuum praesidium confugimus, à vossa proteção nos acolhemos, Santa Mãe de Deus..., livrai-nos de todos os perigos, Virgem gloriosa e bendita.

Rogai por nós, Rainha do Santíssimo Rosário, para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Anterior Próximo