Josemaría Escrivá Obras
261

“Aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração...” Humildade de Jesus!... Que lição para ti, que és um pobre instrumento de barro! Ele - sempre misericordioso - te levantou, fazendo brilhar na tua baixeza, elevada gratuitamente, as luzes do sol da graça. E tu, quantas vezes não disfarçaste a tua soberba sob a capa da dignidade, da justiça...! E quantas ocasiões de aprender do Mestre não desaproveitaste, por não teres sabido sobrenaturalizá-la!

Anterior Ver capítulo Próximo