Josemaría Escrivá Obras
384

Ordem, autoridade, disciplina... - Escutam - se é que escutam! -, e sorriem cinicamente, alegando - elas e eles - que defendem a sua liberdade. São os mesmo que depois pretendem que respeitemos ou que nos ajustemos aos seus descaminhos; não compreendem - que protestos tão vulgares! - que os seus modos não sejam - não podem ser! - aceitos pela autêntica liberdade dos outros.

Anterior Ver capítulo Próximo