Josemaría Escrivá Obras
62

Natal. Escreves-me: “Ao compasso da espera santa de Maria e de José, eu também espero, com impaciência, o Menino. Como ficarei contente em Belém! Pressinto que explodirei numa alegria sem limites. Ah!, e com Ele quero também nascer de novo...”. - Oxalá seja verdade este teu querer!

Anterior Ver capítulo Próximo